1337 Hax0r de Windows portado para Linux

Eu Ri!


AVISO: O texto abaixo é bara 1337 Hax0rs ou pelo menos profissionais experientes de computação.

Nos últimos dias um vídeo fez a alegria do pessoal de TI: Um guri metido a hacker postou um vídeo no YouTube ensinando sua técnica secreta (usando Windows XP) de descobrir quanta gente está acessando um site, e seus respectivos IPs.

O GÊNEO demonstra como conseguir tal proeza utilizando o comando… TRACERT.

Isso mesmo. Por algum motivos obscuro o pequeno cérebro himenóptero do guri o levou a concluir que o TRACERT é uma ferramenta hacker e que os endereços listados numericamente são… IPs acessando o servidor.

A zoação nas interwebs está sendo geral, mas a melhor até agora foi o vídeo abaixo, onde um desocupado genial faz uma versão própria do vídeo, ensinando como fazer a mesma coisa… em Linux.

PS: Antes que alguém reclame, o “em Linux” faz parte da piada.

Essa só não se superou a um diálogo famoso do IRC contando o caso de um “hacker” que ameaçou horrores um usuário, que por sua vez respondeu de volta. Quando o “hacker” avisou que se tivesse o IP do sujeito faria horrores com ele, o sujeito soltou “então tá, meu IP é 127.0.0.1, me ataque se for capaz”.

O hacker atacou, acessou o HD e apagou tudo que encontrou. Até a máquina bootar, claro.

Fonte: The Old New Thing

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s