Realidade X Fotografia

Sempre há uma discussão de o quanto é correto usar ferramentas como o Photoshop para edição de fotografias. Pessoalmente, acredito que o bom senso deva imperar, e cada um deve utilizar as ferramentas respeitando os limites da ética e principalmente respeitando o público. Porém, uma fotografia não é, necessáriamente um facsimile da realidade, mas sim, esta de acordo com a visão e interpretação do artista, no caso, o fotógrafo. Não pretendo extender a discussão, porém, apenas para uma reflexão gostaria de deixar uma citação de um grande fotógrafo:

“É importante perceber que tanto a fotografia expressiva (a fotograifa “criativa”) quanto a informativa não têm necessariamente uma relação direta com o que chamamos de realidade. Não tentamos reproduzir na cópia os tons que percebemos no objeto ou na cena. Podemos simulá-los, se quisermos, por meio de valores nas densidades de reflexão, ou então podemos representá-los com tons que resultem num efeito dramático. Muitos classificam minhas fotograficas de “realistas”. Na verdade, o que existe de realidade nelas está na acuidade óptica.; mas seus tons constitue, definitivamente, um “distanciamento da realidade”. O obeservador pode considerar as fotos realistas porque seu efeito visual é plausível, mas, se fosse possível compará-las com os objetos ou as cenas originais, as diferenças seriam surpreendentes.“ – Ansel Adams, O Negativo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s